Submissões Recentes

Item
Experiências juvenis em contextos de vulneração
(Universidade do Estado da Bahia, 2023-02-27) Carvalho, Danilo Melo de Morais; Messeder, Marcos Luciano Lopes; Santana, Klerveton Bacelar; Arruda, Jalusa Silva de; Costa, Lívia Alessandra Filho da; Souza, Elizeu Clementino de; Coulon, Alain Lucien Louis
Esta tese de doutorado é uma resposta ao objetivo geral de discutir quais experiências de jovens negros constituem a rua e a comunidade terapêutica enquanto contexto de vulneração, a partir de uma abordagem qualitativa, iniciando com a realização da revisão bibliográfica de estados da arte sobre juventudes e vulnerabilidades, para entender lacunas, tendências e recomendações para a pesquisa em educação, parâmetro para a definição dos procedimentos metodológicos desta pesquisa. A discussão prévia dos conceitos operadores da pesquisa (juventude, experiência, contexto e vulneração) possibilitou o entendimento de seus potenciais usos nesta investigação, em especial a definição do conceito de vulneração, como mais adequado para abordar populações com vulnerabilidades efetivadas. A etapa empírica consistiu no acompanhamento de dois interlocutores pelo Centro Histórico de Salvador e também foram discutidas experiências juvenis a partir de um banco de dados agregado, com algumas anotações e relatório sobre a situação de jovens internados em uma comunidade terapêutica que os abrigava ilegalmente, bem como foram reunidos documentos que ajudam a minimizar as lacunas desses dados. Dentre as discussões dos dados de campo, destacam-se a ambiguidade da lugar fixo de privilégio masculino nas dinâmicas heteronormativas, bem como a proposta do da cidade, para jovens vulnerados e vulneradas, do Centro Histórico de Salvador. Na discussão sobre a comunidade terapêutica, foram destacados os retrocessos políticos multissetoriais que implicam o funcionamento das comunidades terapêuticas, um dispositivo de desarticulação da atenção integral juvenil. Após a discussão sobre as experiências juvenis, é apresentado o contraste entre elas e o aporte histórico e filosófico (Agamben, 2004; Foucault, 1998; Mbembe, 2016) desta pesquisa, na intenção de discutir contextos, em suas camadas mais amplas, no âmbito macrossocial, porém enraizadas nas experiências juvenis. Sem a aproximação com a história do Brasil pós-abolição da escravatura e sem a aproximação ao problema do racismo como dispositivo de exercício do poder colonial, como discutido por Fraga Filho (1994), Paulino e Oliveira (2020) e Arruda (2020) as contribuições filosóficas não passariam de meros dispositivos teóricos de colonização interpretativa que nos distanciariam do entendimento das especificidades de nossos problemas, enquanto estado de direito seletivo, atualizador de antigas formas de segregação racial e econômica de jovens negros(as) e pobres.
Item
Degradação de fármacos por fotocatálise heterogênea em efluente modelo sintético
(Universidade do Estado da Bahia, 2023-09-26) Santos, Taís Pereira; Souza , Marluce Oliveira da Guarda; Pereira, Madson de Godoi; Santos, Tereza Simonne Mascarenhas; Santana, Débora de Andrade
Poluentes emergentes incluem compostos farmacêuticos, substâncias de cuidados pessoais, desreguladores endócrinos, produtos químicos industriais, entre outros, podendo, ser classificados como orgânicos e inorgânicos. Tais poluentes não são completamente eliminados nos processos realizados nas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) e podem chegar aos cursos de água. Assim, torna-se necessário encontrar alternativas para o tratamento dos poluentes. Nesse contexto, no presente trabalho, foi investigado o emprego da fotocatálise heterogênea na degradação de um fármaco amplamente utilizadopara tratamento da pressão arterial, o cloridrato de propranolol. Inicialmente, foi necessário estabelecer as condições de processo, incluindo tempo, temperatura, reator e fotocatalisadores mais eficazes, preparar uma solução na concentração 20 mg L-1. Como parte dp processo catalítico utilizou-se o dióxido de titânio (TiO2) e compósitos baseados em TiO2/material carbonáceo (obtido partir da semente de manga) Testes de fotólise e adsorção, no reator, foram realizados, nas mesmas condições da fotocatálise. As análises das alíquotas recolhidas em diversos intervalos de tempo foram realizadas por espectrofotometria UV-Vis, e por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE). O band gap de cada amostra foi determinado por Espectroscopia UV-Vis com Reflectância Difusa, verificando que a combinação com biomassa não alterou o band gap, significativamente, em relação ao dióxido de titânio. A conversão observada na fotólise foi de aproximadamente 52%, enquanto que ao utilizar TiO₂, observou-se dificuldade em realizar a quantificação do valo em % da conversão. Por outro lado, os compósitos TiO2/material carbonáceo conduziram a conversões do cloridrato de propranolol de 76% (DTB3), 82% (DTB2), e 85% (DTB1), após 120 minutos de teste, utilizando 0,05 g de fotocatalisador e 82% (DTB3), 91% (DTB2), e 90% (DTB1) com 0,1 g da amostra. Ao utilizar a massa de 0,2 g dos compósitos, observou-se dificuldade em separação das partículas, o que inviabilizou as medidas no espectrofotometo UV-vis. As análises por CLAE mostraram que, provavelmente, são formados subprodutos ao longo da reação, por meio de picos não identificados nos cromatogramas obtidos em diferentes intervalos de tempo. De um modo geral, os ensaios foram, ao todo, de grande relevância, sendo obtidos condições ótimas e sistemas promissores para realização da fotocatálise fármacos.
Item
Vivências e outras vivências em corpos privados do sentido da visão
(Universidade do Estado da Bahia, 2023-08-22) Duarte, José Carlos Silveira; Santos, Luciano Costa; Lísias, Sergio; Galeffi , Dante Augusto; Sousa , Joana Belarmino de; Santos , Jaciete Barbosa de; Sitja , Leige Maria Queiroz
Vivências e Outras formas de Vidências experienciadas no mundo da vida cotidiana por pessoas cegas constituem o cerne desta investigação, orientada pela perspectiva fenomenológica, que reconhece a variedade e a diversidade da própria experiência perceptiva humana. Ficou evidenciado que, através dos sentidos do tato, da audição, do cheiro e do gosto, e da cinestesia, a pessoa com deficiência desvenda o universo que a rodeia, percebe as nuances existentes no espaço e reconhece a diferença entre os seres. Ao associar estas informações sensoriais, monta um quebra-cabeça e constrói imagens mentais com o poder de orientar seu cotidiano e contribuir para situá-la no mundo com mais firmeza. A ACIDE, Associação Conquistense de Integração do Deficiente, materializou este encontro e tornou-se um campo de investigação deste fenômeno, porque mostrou-se um lugar propício à observação da ocorrência de relações intersubjetivas, de troca de experiências e de co-responsabilidades entre o sujeito cego, seus colegas e professores, assim como local de aprendizado e de redescoberta do mundo. O método de pesquisa qualitativa encontrou-se com a forma de fazer documentários e elegeu o dizer do outro como a dimensão basilar para a produção de dados, que possam contribuir para erigir um conhecimento novo e fecundo. A orientação teórico-metodológica, centrada na fenomenologia, busca os fundamentos em Husserl e encontra-se com a corporeidade em Merleau-Ponty, para investigar a dimensão da corporeidade e da sensorialidade em pessoas cegas. Com a aplicação do método fenomenológico empírico, o aparecer do sentido é trazido pelas falas dos próprios entrevistados, o que implica em uma história narrada que expressa as vivências dos entrevistados, imersos no mundo da vida dos cegos. Ao analisar estes depoimentos, numa perspectiva fenomenológica, tem-se o intuito de identificar os elementos “invariantes”, o significado desse mesmo fenômeno em corporeidades e subjetividades distintas. A partir de várias descrições individuais consegue-se alcançar significados essenciais, que dão origem a uma estrutura geral do fenômeno investigado. Estas narrativas autobiográficas de pessoas cegas têm como premissa o poder transformador do ato de narrar a própria experiência vivida.
Item
Programa academia da saúde adaptações ocorridas durante a Covid 19.
(Universidade do Estado da Bahia, 2023-12-07) Lima, Fabiana Meneses Campos de; Rocha, Luís Carlos; Viana, Viviane Rocha; Estrela, Rafael Leal Dantas
Introdução: A pandemia da COVID 19 tem se apresentado como um dos maiores desafios sanitários em escala global deste século. As medidas adotadas pelas autoridades competentes, incluindo o distanciamento social e o fechamento das academias de ginástica, centros de treinamento e demais ambientes utilizados para a realização das atividades, embora tenha sido necessário, contribuiu para um aumento no tempo despendido em comportamento sedentário e trouxe limitações em especial, para a atenção às Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), repercutindo em diminuição na prevenção e controle de determinadas condições. Objetivo: Este trabalho teve como objetivo mapear os núcleos do Programa Academia da Saúde e suas metodologias de ensino no período da Pandemia COVID­19. Problema: Quais as metodologias de ensino adotadas pelos núcleos do Programa Academia da Saúde no período da Pandemia COVID­19? Método: Trata se de um trabalho com abordagem qualitativa, exploratório realizado através de pesquisa bibliográfica em bases eletrônicas de dados como Google acadêmico, Google books, Vigitel e Datasus, foram utilizados descritores como Programa Academia da Saúde e COVID­19, em língua portuguesa. Sendo coletados 97 trabalhos relacionados com esses descritores e após leitura foi feita uma seleção para análise criteriosa de 28 trabalhos publicados no período de 2020 à 2023. Foram excluídos trabalhos científicos em outros idiomas e sem relevância para o tema. Considerações finais: Os resultados mostraram o impacto da pandemia para esses estabelecimentos de saúde uma vez que a suspensão da oferta de ações ocorreu em 70% dos polos. Para aqueles estabelecimentos com manutenção das atividades, os resultados reforçam a relevância do PAS na RAS por configurar -­se como equipamento de saúde com capacidade de adaptar-se às distintas realidades sanitárias, absorvendo temáticas relativas à Covid­19 e à atenção às condições pós Covid­19. Além disso, demonstraram a resiliência dos profissionais e gestores do SUS na formulação das readequações que foram necessárias pelo período pandêmico.
Item
Racismo no futebol: desafios para a aplicação prática do caráter inafiançável e imprescritível no crime de injúria racial
(2023-12-07) Silva, Vítor Agostinho ; Felix, Marcelo José Santos Lagrota ; Souza, Aliana Alves de; Martins, Marcia Margarida Nunes da Silva
Este trabalho analisa a equiparação constitucional pelo Supremo Tribunal Federal e a Lei nº 14.532/2023 referente ao crime de Racismo e Injúria Racial no contexto desportivo, especialmente no Futebol. O foco é avaliar o impacto da decisão do STF (HC 154.248/DF) e da mencionada lei ao equiparar o crime de injúria racial ao de racismo, considerando a inafiançabilidade e imprescritibilidade para uma punição mais rigorosa, alinhada ao artigo 5°, XLII, da Constituição Federal. A análise parte do entendimento do contexto histórico, social e jurídico que fundamenta a decisão do STF, destacando desafios práticos no âmbito jurídico, como os elementos que constituem injúria racial, junto com alterações processuais decorrentes da mudança legislativa. A pesquisa utiliza principalmente método bibliográfico, explorando diversos autores para uma análise detalhada e afunilada dos conceitos. A abordagem abrange desde o contexto histórico que fundamenta a compreensão sobre o racismo até a interseccionalidade com o futebol, considerando seu caráter social. Além disso, são analisadas a evolução do crime de injúria racial, jurisprudências pioneiras na equiparação dos crimes e as mudanças no caráter processual decorrentes da nova lei. No que diz respeito à temática, são observados os dados do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, proporcionando à pesquisa um panorama abrangente dos crimes de racismo nos estádios e a responsabilidade dos clubes. Destaca-se a importância dessa análise para uma aplicação prática efetiva, a manutenção da lei específica e o aprofundamento em um referencial bibliográfico para maior solidez das informações coletadas. Palavras-chave: Racismo. Injuria Racial. Equiparação. Lei nº 14.532/2023. Futebol. Aplicação Prática.