Recent Submissions

Item
Taquaril dos Fialhos: parentesco, produção, fé e território em uma comunidade camponesa na Bahia
(Universidade do Estado da Bahia, 2023-12-15) Pereira , Jéssica Caroline Moura Conceição; Costa, Lívia Alessandra Fialho da; Messeder, Marcos Luciano Lopes; Silva, Valdélio Santos
Esta pesquisa é resultado de um estudo etnográfico que teve como objetivo interpretar conhecimentos e práticas que emanam das memórias de Taquaril dos Fialhos, uma comunidade camponesa situada no município de Licínio de Almeida, no sudoeste baiano. Para tanto, o trabalho de campo, realizado em julho de 2023, fez emergir categorias analíticas fundamentais para a compreensão dos mecanismos que projetam a memória como elo entre o passado e presente e, por assim dizer, as conexões simbólicas, materiais e imateriais, entre as diferentes gerações na comunidade. Taquaril dos Fialhos tem, hoje, 85 habitantes, distribuídos em 32 famílias nucleares que mantém, há cinco gerações, uma descendência comum. É banhada pelo rio do Salto e possui terras férteis que são cultivadas tradicionalmente pelos seus moradores. Ao longo de mais de 100 anos, a comunidade é símbolo de auto-organização e coletividade. Recentemente, essas características têm se mostrado importantes no processo de resistência às atividades de mineração que se estabelecem na região, com características antagônicas aos modos de vida tradicional. Gestado coletivamente, por mim e pelos filhos de Taquaril dos Fialhos, a pesquisa que origina esta monografia emerge com vistas a valorizar e evidenciar as memórias dessa comunidade, que são construídas simbolicamente na oralidade, nos objetos de herança, nas normas de parentesco e de acesso à terra, na solidariedade, na fé e na defesa pelo direito ao território em que vivem.
Item
Influência da fermentação por diferentes fermentos naturais e fermento biológico nas características físicas de pães de leite: Uma abordagem biológica.
(Universidade do Estado da Bahia, 2024-06-05) Anjos, Bruno de Jesus dos; Guimarães, Sandra Eliza; Stefanelo, Daniela Rossato; Nascimento, Viviany Teixeira do
Este estudo objetivou analisar de forma abrangente e comparativa as influências das fermentações por diferentes substratos naturais, como suco de abacaxi e iogurte, nas propriedades físicas dos pães de leite, visando compreender os efeitos desses processos nas análises físicas de pães de leite. Para isso foram feitos fermentos naturais nas formulas farinha de trigo comum com iogurte natural, farinha de trigo integral com iogurte natural, farinha de trigo comum com suco de abacaxi e farinha de trigo integral com suco de abacaxi. Essas formulações foram misturadas em seus respectivos potes com adição do primeiro ao quarto dia, ouve um descanso no quinto dia, sexto dia ouve a adição de novos potes (com eles adição de água e farinha) e no sétimo dia ouve adição de mais água e farinha aos 8 potes. No decorrer destes dias estes foram colocados na estufa a 25°C após a adição e mistura. Exceto no sexto em que metade dos potes foram colocados em uma geladeira a 8°C enquanto a outra metade foi colocada na estufa a 25°C. Assim como no sétimo dia que ouve a inversão destes, ou seja, os que estavam na estufa roam para a geladeira e da geladeira para a estufa. Com os fermentos naturais prontos, estes foram levados a uma panificadora local, onde os ingredientes foram medidos, adicionados e misturados na elaboração dos pães de leite. Antes do cozimento o volume da massa crua foi medido, assim como a massa. Em seguida ouve a cocção e após esta foram medidos o volume da massa cozida e massa. O coeficiente de expansão, volume específico, densidade aparente, análise colorimétrica e espessura da crosta, foi calculado. Os resultados obtidos apresentaram que os fermentos naturais com farinha de trigo integral e suco de abacaxi tiveram alto coeficiente de expansão. O grupo com fermento biológico teve maior expansão, volume específico e densidade aparente. A cor mais escura indicou maior assamento no grupo com fermento biológico, enquanto a espessura foi maior nas massas com fermento natural de trigo integral. Assim sendo os métodos comerciais podem ser mais eficazes para produzir pães com maior volume e densidade, enquanto os fermentos naturais podem ser mais adequados para pães mais leves. Esses resultados podem ser utilizados para produtos de panificação de melhor qualidade e uma maior variedade de opções para os consumidores. Assim como a academia pode desenvolver novas abordagens que levem em consideração as complexas interações entre microrganismos na tecnologia da panificação.
Item
Letramento científico no contexto da BNCC: desafios e proposições para a formação do professor de ciências biológicas em uma universidade pública multicampi
(Universidade do Estado Da Bahia, 2022-03-08) Costa, Josaline Chaves da; Vitorino, César Costa; Amorim, Ivonete Barreto de; França, Elisete Santana da Cruz
O presente estudo problematizou sobre o letramento científico no contexto da BNCC. Apresentou-se desafios e proposições para a formação do professor de ciências biológicas em uma universidade pública multicampi. Teve como objetivo analisar a formação docente em Ciências Biológicas no contexto das exigências do letramento científico dentro das demandas da BNCC, tendo como base os desafios e proposições da práxis pedagógica. Partiu-se da seguinte questão problematizadora: De que forma o letramento científico estabelecido pela BNCC pode dialogar com os desafios e proposições na formação de professores de ciências biológicas de uma universidade pública multicampi? Para atingir o objetivo e responder à questão central deste estudo, foi proposta uma pesquisa de abordagem qualitativa e método análise de conteúdo (BARDIN, 2016). Esperou-se qualificar as impressões dos sujeitos sobre BNCC, letramento científico e formação do professor de biologia norteadas pelo paradigma da pesquisa-ação, apoiando-se na concepção de Gatti (2013). Dessa forma, a pesquisa foi estruturada em duas fases, a primeira correspondente a etapa de construção dos dados (aplicação de entrevistas, observação participante e grupo focal) e a segunda fase relativa ao processo de intervenção, que teve como produto oficinas formativas, alicerçada no letramento científico. Ancorou-se nos documentos oficiais. No Brasil mencionamos as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs), os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) e a Base Nacional Curricular Comum (BNCC). Alicerçadas teoricamente nos estudos sobre letramentos (SOARES, 2020; STREET, 2014); universidade multicampi (FIALHO,2005), currículo (SACRISTÁN, 2013). O parecer consubstanciado do CEP é CAAE: 40501020.2.0000.0057, número do Parecer: 4.665.919. Cada fase da pesquisa foi fundante para lograr uma aprendizagem experiencial com práticas e saberes do ensino de leitura e de produção textual, em que o letramento científico se figurara como gênero discursivo central para a ampliação da criticidade dos discentes.
Item
Re)existência e empoderamento da identidade negra: prática docente e estudos decoloniais no centro municipal de educação de Valilândia /Valente (Ba)
(Universidade do Estado Da Bahia, 2022-12-13) Lourenço, Josilene Andrade Lima; Purificação, Marcelo Máximo; Vitorino, César Costa; Leyva, Pedri Acosta
A dissertação em foco discutiu sobre as práticas docentes embasadas em uma abordagem teórico-prática decolonial, visando o empoderamento da identidade negra dos discentes no Centro Municipal de Educação de Valilândia (BA). Isso porque, sabe-se que a escola tem papel fundamental na construção do diálogo sobre as diferenças, já que é um espaço marcado por elas e que por isso pode contribuir em um processo fluido, dinâmico e menos discriminatório no tocante às identificações étnico-raciais dos sujeitos que nela habitam. Nesse sentido, a presente pesquisa questiona: “Como ocorrem os debates sobre as questões raciais e a percepção da identidade negra para os discentes, e quais as estruturas de poder que subjazem as questões raciais e identitárias nas práticas curriculares dos docentes do ensino fundamental II do Centro Municipal de Educação de Valilândia, sob a perspectiva dos estudos decoloniais?”. Com base nessa indagação, objetivou-se colaborar com as discussões sobre as questões étnico-raciais e identitária dos discentes, e as práticas curriculares dos professores do ensino fundamental II deste mesmo locus, avigorando uma educação decolonial de (re)existência e empoderamento da identidade negra no âmbito educacional e social. Frente a isso, os enlaces teóricos deste trabalho tomaram como base as categorias de identidade (HALL, 2003, 2014), decolonialidade (COSTA, 2000), (MUNANGA, 2009, 2016), (QUIJANO, 2005) e (FANON, 2020), além de considerar a relação de educação e currículo na perspectiva dos estudos decoloniais (GOMES, 2003, 2017), (FREIRE, 2019) e (ARROYO, 2011). Nesse contexto, a metodologia ancorou se na abordagem qualitativa (BOGDAN & BIKLEN,1994), por meio do estudo de caso e da pesquisa etnográfica (ANDRÉ, 2011; LUDKE, 2028), utilizando a observação participante e a entrevista intensiva como técnicas de produção de dados, tendo, posteriormente, a análise de dados mediante à Análise de Conteúdo (BARDIN, 2011). Foi a partir da concretização dessas proposições que o projeto de intervenção se desenvolveu, à medida que foram realizadas as oficinas pedagógicas no Centro Municipal de Educação de Valilândia (BA) (locus de pesquisa) com os docentes e os discentes dos 7º e 9º anos do Ensino Fundamental II – participantes da pesquisa. Tendo em vista esse movimento, intentou-se a construção de um caderno temático com proposições didático-pedagógicas a fim de colaborar na construção identitária a partir de uma educação decolonial e antirracista. Diante dessas questões, ficou compreensível, portanto, que este trabalho corroborou na desconstrução da imagem racializada e negativa dos povos que sofreram a diáspora africana e dos negros escravizados, além de ter criado alternativas para que as questões étnico-raciais ganhem cada vez mais espaço no contexto escolar.
Item
A Educomunicação na UNEB Campus XI/Serrinha - Bahia: do planejamento à ação
(Universidade do Estado Da Bahia, 2023-03-06) Leite, Juliana Melo; Vitorino, César Costa; Teles, Edilane Carvalho; Santos, Ana Kátia Alves dos
A interface educação e comunicação vem gerando ao longo dos anos conhecimentos e saberes que refletem a vida cotidiana nas universidades. Em razão das questões comunicacionais e extensionistas que prevalecem à ética, o respeito à diversidade e pluralidade de opiniões e da igualdade que norteiam as ações de cidadania coerentes é que o presente estudo discorre sobre ―A Educomunicação na UNEB Campus XI/Serrinha - BAHIA: do planejamento à ação‖. Nessa ótica, o projeto parte da seguinte questão de pesquisa: Como a Educomunicação pode colaborar para a formação de redes dialógicas entre os colaboradores das ações e projetos de extensão do DEDC XI? Contemplando uma base empírica, a concepção e a realização do projeto convergem para ações que, após construídas, possam servir de instrumento inspirador a outros profissionais e Núcleos de Comunicação dos demais campi que compõem a Universidade do Estado da Bahia (UNEB) no sentido de socializar atividades que podem e/ou devem ser executadas por educomunicadores. O aporte teórico ancora-se nos ideais de Freire (1967, 1983, 1987, 1996), nos estudos de Santos (2019) sobre as Epistemologias do Sul, sobre a Educomunicação, sintetizada por Soares (2008, 2011, 2015, 2021), apud Kaplún (1998), e por Lévy (2010), que discorrem sobre as mudanças sociais e tecnológicas e, por fim, travam um diálogo sobre os saberes necessários à educação, por Morin (2011). O objetivo geral desse estudo é compreender como a Educomunicação pode se constituir como rede dialógica para o intercâmbio das ações multicampi da UNEB. Os objetivos específicos estão pautados em compreender as inter-relações entre Educomunicação e políticas públicas, analisar as contribuições conceituais e práticas entre Educomunicação e alguns projetos de extensão do DEDC XI e estabelecer uma relação dialógica entre Educomunicação, pesquisa-ação e proposta interventiva. Trata-se de uma pesquisa social com base empírica desvelada de modo colaborativo e interventivo. A questão problematizadora partiu da pesquisa de intervenção do tipo pesquisa-ação, inspirada em Thiollent (1986) e Tripp (2005), com utilização de instrumentos para a coleta de dados e construção de conhecimento, incluindo análise documental, Círculo de Cultura com base em Freire (1967), escuta, discussão e implementação da formação continuada em serviços, organizadas a partir das demandas do diagnóstico, questionários, entrevista semiestruturada com analistas universitários do departamento e pesquisa no catálogo de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) dos últimos cinco anos (2018-2022). Esse trabalho tem como produto final a produção dialógica de um e-book ―Educomunicação e Ações da UNEB/DEDC XI‖, propondo responder o que é Educomunicação, suas áreas de intervenção e como aplicá-la nas ações do departamento de forma a ampliar a participação da comunidade universitária, atentando para o alargamento e a construção do conhecimento em práticas de cidadania. Essa pesquisa tem aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP/UNEB), sob o parecer nº 5.181.229, emitido em 21 de dezembro de 2021.