Título: Design de Game para apoio a alfabetização de crianças: a jogabilidade e a reflexão metalinguística articuladas na apropriação da escrita alfabética
Autor(es): SILVA, Eliata
Palavras-chave: Games na educação
Design de Game
Jogabilidade
Alfabetização de crianças
Data do documento: 15-Dez-2017
Resumo: Os games são artefatos de cultura que fazem parte do universo de interesses da criança hodierna. Constituem-se em meios lúdicos de promoção de prazer e aprendizagem, propícios a dedução de regras e a elaboração de conceitos; habilidades estas requeridas ao processo de apropriação do sistema de escrita alfabética (SEA). A criança pode aprender conteúdos escolares com um game, desde que este possibilite a imersão em situações lúdicas e desafiantes, que a instigue a pensar para atingir aos objetivos demandados. Neste sentido, um game que explore aspectos do Sistema de Escrita Alfabética, o que este representa e como representa, em processos metalinguísticos pode favorecer ao processo de elaboração de hipóteses sobre a escrita, provocando desequilíbrios acerca dos conceitos apreendidos e a possível reconceitualização, fator que permite avançar pelos níveis de escrita descritos por Ferreiro e Teberosky (1986). Este relatório apresenta o resultado de uma pesquisa desenvolvida em uma escola pública do município de Jacobina-BA, com professores alfabetizadores do 1º ano do ensino Fundamental, que teve como objetivo a proposição de um design de um game para a alfabetização de crianças orientado a apropriação reflexiva do sistema de escrita alfabética e a jogabilidade. Neste aspecto, discute sobre os referenciais teóricos que fundamentam o game em educação, a alfabetização de crianças e descreve o processo metodológico de construção do Game Design Document (GDD). O processo de pesquisa para elaboração do GDD pautou-se na abordagem qualitativa e na pesquisa participante, atravessada pelos princípios da fenomenologia e da heurística, no intuito de envolver colaborativamente professores alfabetizadores no processo de descoberta dos requisitos necessários a um game voltado para a alfabetização de crianças. A realização dessa pesquisa caracterizou-se como uma ação interventiva, através do desenvolvimento de dispositivos de pesquisa que deram eclosão ao diálogo, a colaboração, a avaliação e a construção/levantamento de dados, num movimento de problematização-reflexão-ação para (re) elaboração de conceitos, caracterizando-se também como processo formativo pelas demandas emanadas durante a pesquisa que careciam de aprofundamento teórico, no sentido de fortalecer as bases conceituais do game que seria proposto. A pesquisa culminou na construção do um Game Design Document – GDD, na perspectiva de, posteriormente, buscar o desenvolvimento do game a partir do documento elaborado e seu uso como meio pedagógico lúdico no processo de apropriação do SEA por crianças do ciclo inicial de alfabetização.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11896/795
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação e Diversidade (MPED)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EliataTFCC.pdf8,55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir