Título: Cantando Rodas, Contando Histórias: O Balanço da Roseira e a Cultura Popular em Quixabeira
Autor(es): Santos, Marline Araújo
Palavras-chave: Cultura popular
Balanço da roseira
Data do documento:  217
Resumo: A presente dissertação tem como objeto de estudo a cultura popular, tomando por base o grupo de rodas Balanço da Roseira, integrado por mulheres do município de Quixabeira, região noroeste da Bahia que compõe o Território de Identidade da Bacia do Jacuípe, a 300 km da capital, Salvador. Partindo do conceito de cultura popular, na perspectiva de autores como Stuart Hall (2009) e Néstor García Canclini (2015) as considerações se desdobram partindo da formação do grupo no intuito de tomar o grupo Balanço da Roseira como fruto da cultura popular local. Detentoras de um espaço e uma linguagem musical particular, as mulheres que participam do grupo revelam no que cantam o resultado do conhecimento que buscam legitimar. Para analisar a atuação do grupo, são observadas a estrutura das performances que realizam, com base nos estudos de Paul Zumthor (2010) e Richard Schechner (2013). É ainda empreendida uma análise das canções que compõem seu repertório, em que constam canções aprendidas nas quebras comunitárias de licuri, e produções atuais compostas para os eventos de que participam. Este é, portanto, um estudo direcionado à compreensão do grupo de rodas Balanço da Roseira como manifestação da cultura popular, reconhecida pela comunidade em que está inserida e, uma contribuição na tessitura de uma história da tradição oral no município de Quixabeira.
URI: http://www.saberaberto.uneb.br/jspui/handle/20.500.11896/637
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Estudo de Linguagens (PPGEL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CANTANDO RODAS, CONTANDO HISTORIAS.pdf2,79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir