Título: DA ESCOLA NO QUILOMBO À ESCOLA DO QUILOMBO: a prática pedagógica como elemento substancial para fortalecer sentidos de pertencimentos identitários.
Autor(es): BRASILEIRO, Danielma da Silva Bezerra
Palavras-chave: Educação Quilombola
Cultura
Práticas Pedagógicas
Identidade Cultural
Data do documento: 15-Dez-2017
Resumo: Esta dissertação intitulada: “Da Escola no Quilombo à Escola do Quilombo: a prática pedagógica como elemento substancial para fortalecer sentidos de pertencimentos identitários”, se propõe a discutir sobre as práticas pedagógicas docentes da Educação Escolar Quilombola e como estas estão em interface com a realidade sociocultural dos alunos do Ensino Fundamental II, da Escola Municipal Quintina Marculina dos Santos, localizada na Comunidade Quilombola de Raposa, na zona rural de Caldeirão Grande/Bahia. Por ser a primeira comunidade certificada pela Fundação Cultural Palmares no município, escolheu-se conhecer como são realizadas as práticas pedagógicas docentes dentro de uma escola quilombola. Desse modo, foi trazida para a discussão a definição de quilombo e a história do grupo, a fim de compreender o processo de construção sociopolítico e cultural no seu espaço de luta/vivência, o qual tem como protagonistas as mulheres quilombolas. A pesquisa atentou-se também para a necessidade de se conhecer a trajetória das Políticas Públicas Educacionais referente à questão étnico-racial tendo como base a Lei 10.639/2003 e as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Quilombola, analisando de que forma as práticas pedagógicas docentes tem contribuído ou inibido o fortalecimento das identidades. E com esse enfoque, o estudo aqui apresentado é fruto de uma pesquisa qualitativa caracterizada pelo Estudo de Caso Etnográfico - fundamentado na fenomenologia - tendo como público-alvo: professores, direção escolar e coordenador(a) pedagógico(a) dessa instituição, os quais responderam a questionários, entrevistas e participaram de um grupo focal que, trouxe como dimensão prática de intervenção a construção de um Plano de Ação chamado: “Olhares dos Professores sobre a Educação Escolar Quilombola na Educação Básica”, cujo objetivo é atender e valorizar as especificidades da cultura local, sob a perspectiva das práticas pedagógicas e suas implicações nas relações étnico-raciais. Como desdobramento da pesquisa, propõem-se acompanhar a execução e avaliação do Plano de Ação a ser desenvolvido pelos professores em parceria com a comunidade.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11896/794
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação e Diversidade (MPED)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DanielmaTFCC.pdf4,65 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir