Título: Itinerâncias na Formação Continuada de Professores do Proeja FIC: Um Espaço de Proposições.
Autor(es): Silva, Neyla Reis Dos Santos
Palavras-chave: Formação continuada de professores
Educação Profissional
Data do documento: 2015
Resumo: Este trabalho é resultado dos estudos realizados ao longo de um processo investigativo, de natureza qualitativa, acerca da formação continuada docente realizada em um curso de aperfeiçoamento para os docentes, técnicos e gestores dos cursos Proeja FIC que ocorrem no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano Campus Catu (IF Baiano Campus Catu) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Catu (Smec Catu), através da Escola Municipal Professor Jecelino José Nogueira. Sua questão principal concentra-se em compreender como um curso de aperfeiçoamento realizado junto aos docentes, técnicos e gestores contribuiu na melhoria das práticas pedagógicas para os alunos do Proeja FIC tendo em vista a necessidade da integração curricular. Para cumprir tal intento, utilizou-se a pesquisa colaborativa como prática da busca de informações, utilizando como instrumentos os questionários, grupo focal e observação participante. Os objetivos da pesquisa foram: compreender os sentidos e significados atribuídos à formação continuada realizada no Curso de Aperfeiçoamento, a partir das falas, das vivências e das reflexões dos docentes e técnicos envolvidos; verificar como a formação contribuiu para a mudança ou permanência na compreensão sobre os alunos do Proeja FIC, suas especificidades e a repercussão disto nas práticas pedagógicas; perceber como a questão da integração curricular foi compreendida pelos docentes e técnicos em formação, bem como o impacto destas reflexões para a mudança ou permanência das práticas pedagógicas realizadas nos cursos Proeja FIC; sistematizar princípios, ideias ou propostas de ações de formação continuada, que favoreçam um repensar continuo sobre a prática pedagógica junto aos sujeitos do Proeja FIC. Foi utilizado como referencial teórico acerca da formação continuada de docentes o conceito de saberes docentes (Freire, 1996; Tardif, 2010) e a perspectiva do professor como crítico (Nóvoa, 2002; Pimenta e Ghedin, 2010), dialogando com outros autores. A investigação indicou duas unidades de análise que ensejam em resposta a nossa questão: ser docente enquanto sujeito do Proeja e a compreensão sobre o currículo integrado como elemento organizador do conhecimento. Ao concluir, apontam-se elementos importantes para a construção de uma proposta de formação continuada que não se encerra em si mesma, mas que permita repensar as ações através da reflexão sobre a prática, as quais apontam os seguintes princípios: leitura compartilhada, dialogicidade como prática de formação, coletividade e cooperação, compromisso sociopolítico com os educandos do Proeja, o currículo integrado como opção teórico-metodológica da organização das ações didático-pedagógicas, além de elementos importantes como espaço e tempo para a formação.
URI: http://www.saberaberto.uneb.br/jspui/handle/20.500.11896/647
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação de Jovens e Adultos (MPEJA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO NEYLA SILVA.pdf1,57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir