Título: Memória de um Ethos coronelista no interior da Bahia
Autor(es): Silva, Elias Ramos da
Palavras-chave: Ethos coronelista
Discurso político
Data do documento: 2017
Resumo: Nesta dissertação, o objetivo principal é verificar na entrevista concedida ao jornal local – esplanadanews, os possíveis traços do ethos coronelista materializado nas falas dos candidatos a prefeito, durante a campanha eleitoral na cidade de Esplanada-Ba, em 2012. A análise é realizada de acordo com aporte teórico da Análise do Discurso em Maingueneau. Deste, toma-se o conceito de ethos. No entanto, foi necessário recorrer a outros teóricos como Patrick Charaudeau, Chaïm Perelman, Lucie Olbrechts-Tyteca e Victor Nunes Leal. Do primeiro, usa-se a noção de discurso político; do segundo e da terceira, a noção de argumentação; do último, a noção de coronelismo. Terminada a pesquisa, verificou-se que o ethos de cada candidato apresenta evidências de que o ethos coronelista continua presente não apenas na memória da população, mas nas crenças que norteiam a ação política no interior da Bahia. Este trabalho não dá a questão por encerrada. Sendo, portanto, necessários outros estudos para compreender melhor os novos traços da cultura coronelista nas cidades do interior da Bahia.
URI: http://www.saberaberto.uneb.br/jspui/handle/20.500.11896/381
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Estudo de Linguagens (PPGEL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Memoria de um ethos coronelista no interior da Bahia.pdf11,14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir