Título: Poesia que se transforma: Bráulio Bessa e a literatura de cordel
Autor(es): SAMPAIO, Angélica Magalhães Santos
FREITAS, Joiane Santos
Palavras-chave: Literatura de cordel
Mídias digitais
Bráulio Bessa
Data do documento: Jul-2019
Resumo: A literatura de cordel, criada em berço popular nordestino, consegue, ao decorrer do tempo, ocupar os espaços de renome na sociedade brasileira e, atualmente, faz parte das novas tendências literárias digitais. A partir desse processo de mudança, a presente pesquisa buscou fazer um estudo sobre a produção de cordel antiga e atual, diante da realidade de que esta sai do folheto e adentra às mídias digitais, tomando como corpus principal um dos expoentes da cultura popular nordestina, o poeta contemporâneo Bráulio Bessa e uma de suas produções veiculada neste espaço, a fim de observar as notórias mudanças no gênero, considerando a influência das tecnologias e sociedade midiática. Toma-se como aporte teórico os estudos de Abreu (1999). A pesquisa aborda a origem, as características poéticas da literatura de cordel e suas trajetórias, bem como a relação de cordel e mídia, os fatores que influenciaram a formação do cordelista Bráulio Bessa, suas produções nas redes sociais e TV, ressaltando as mudanças observadas no gênero em âmbito geral e específico em sua arte. Tais mudanças são resultados de como se articularam os elementos da prática social, internalizados no momento determinado, conferindo uso de diferentes suportes e produtos da atualidade. A literatura de cordel, apesar de fazer uso de novos recursos, permanece valorizando a cultura popular, sem modificações naquilo que já estava fixo, como por exemplo, a métrica. As produções literárias atuais revelam as especificidades de seu tempo, sem desconsiderar toda a sua história.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11896/1407
Aparece nas coleções:Letras / Língua Portuguesa e Literaturas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC ANGELICA MAGALHAES E JOAINE SANTOS.pdf1,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir